Procurar
Fechar esta caixa de pesquisa.

Notícias

Contributo para uma política de saúde

Tendo em conta as responsabilidades das Ordens Profissionais da Saúde, no melhoramento do contexto atual da Saúde Humana, Animal e Ambiental, e fruto de uma reflexão conjunta assente numa visão partilhada e num consenso de “uma só saúde “ (One Health).

LEIA MAIS >>

Pelo movimento, promovemos mais (+) Saúde

A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que a atividade física regular previne e trata doenças não transmissíveis como as doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, diabetes e alguns tipos de cancro. A atividade física ajuda também a prevenir a hipertensão e a obesidade e pode melhorar a saúde mental, a qualidade de vida e o bem-estar.

LEIA MAIS >>

Fisioterapia Aquática: os benefícios da intervenção em meio aquático

O International Organisation of Aquatic Physiotherapists (IOAPT), o specialty group da World Physiotherapy que a Ordem dos Fisioterapeutas integra, elegeu esta sexta-feira, 22 de março, como um dia dedicado à Fisioterapia Aquática, propondo aos membros que o assinalassem, como forma de consciencializar e informar a população sobre esta área específica de intervenção da Fisioterapia.

LEIA MAIS >>

Ordem dos Fisioterapeutas e Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil assinam Protocolo de Cooperação

A Ordem dos Fisioterapeutas, representada pelo Bastonário António Lopes, e a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, representada pelo Presidente Brigadeiro-General José Duarte da Costa, assinaram esta sexta-feira um Protocolo de Cooperação, tendo em vista o estabelecimento de formas de cooperação mútua que visam a promoção da saúde ocupacional dos bombeiros portugueses, bem como da população em geral, em caso de acidente grave ou catástrofe.

LEIA MAIS >>

Dia Mundial da Incontinência Urinária

Assinala-se esta quinta-feira, 14 de março, o Dia Mundial da Incontinência Urinária, como forma de consciencializar e informar a população sobre esta patologia, identificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um problema de saúde pública.

LEIA MAIS >>

Pedro Maciel Barbosa

Fisioterapeuta-especialista na Unidade Local de Saúde de Matosinhos Sub-coordenador para os Cuidados de Saúde Primário, Unidade Local de Saúde de Matosinhos Professor Adjunto-Convidado na Escola Superior de Saúde do Porto Membro do Conselho de Administração da Fundação para a Saúde – SNS Membro do Conselho Geral da Ordem dos Fisioterapeutas

Carlos Areia

Carlos Areia é fisioterapeuta desde 2013, e trabalhou em vários hospitais, clínicas e clubes tanto em Portugal como no Reino Unido. Iniciou a sua carreira académica na Universidade de Oxford em 2016, onde liderou um ensaio clínico a comparar Fisioterapia VS cirurgia em lesões do cruzado anterior em 32 hospitais de Inglaterra. Em 2018 mudou-se para o departamento de neurociências, onde desenvolveu os seus próprios estudos em monitorização remota de sinais vitais, que foram implementados durante a pandemia. Aqui descobriu a sua paixão pelos dados, e em 2022, juntou-se à Digital Science como Data Scientist. Concluiu o seu PhD no início deste ano, e junta mais de 60 publicações em revistas como a The Lancet, BMJ, Cochrane, entre outras. É também palestrante honorário na Oxford Brookes University e consultor em investigação clínica.

Eduardo José Brazete Carvalho Cruz

Doutorado em Fisioterapia, pela Universidade de Brighton, UK. Pós-Doutoramento na especialidade de Epidemiologia pela Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa.
Coordenador do Gabinete de Estudos e Planeamento da Ordem dos Fisioterapeutas. Professor Coordenador do Departamento de Fisioterapia da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal (ESS-IPS). Presidente do Conselho Técnico-Científico da ESS-IPS. Coordenador do Departamento de Fisioterapia da ESS-IPS. Investigador Integrado do Comprehensive Health Research Centre (CHRC) (parceria FCM-UNL, Escola Nacional de Saúde Publica, Universidade de Évora, Lisbon Institute of Global Mental Health e Hospital do Santo Espírito, Ilha Terceira, Açores).

Sara Souto Miranda

Sara Souto Miranda é licenciada e mestre em fisioterapia pela Universidade de Aveiro, e detentora de pós-graduação em fisioterapia respiratória do adulto certificada pela mesma instituição. Completou em 2023 o seu doutoramento duplo em Ciências da Reabilitação/Saúde, Medicina e Ciências da Vida pelas Universidades de Aveiro e Maastricht (Países Baixos) e encontra-se atualmente a exercer funções como assessora técnico-científica do Gabinete de Estudos e Planeamento (GEP) da Ordem dos Fisioterapeutas, e como professora convidada do Instituto Piaget de Vila Nova de Gaia. Enquanto membro do Laboratório de Investigação e Reabilitação Respiratória da Universidade de Aveiro (Lab3R), exerceu atividade de investigação aplicada onde avaliou e tratou doentes com patologia respiratória, tendo participado em 6 projetos de investigação. Ao longo do seu percurso publicou 19 artigos científicos em revistas internacionais revistas pelos pares com fator de impacto, 1 capítulo de livro, e mais de 50 resumos em atas de conferências. Foi voluntária de investigação no centro de reabilitação Ciro (Center for expertise in chronic organ failure) nos Países Baixos, e é atualmente membro da Guideline Methodology Network da European Respiratory Society. Foi distinguida pela European Lung Foundation e European Respiratory Society por desenvolver investigação centrada no doente, pela Direção Geral de Ensino Superior com uma bolsa de mérito relativa ao seu mestrado, e pelo centro Ciro com uma bolsa destinada ao apoio à investigação no estrangeiro.

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.