Ordem dos Fisioterapeutas participa na 7.ª edição do Porto International Hip Meeting

Decorreu, nos passados dias 1 e 2 de julho, a 7.ª edição do Porto International Hip Meeting (PIHM2022). O Bastonário da Ordem dos Fisioterapeutas, António Lopes, participou neste evento de dois dias de atualização e discussão sobre patologia da anca, nomeadamente numa sessão que valorizou a importância do Fisioterapeuta no processo de reabilitação dos pacientes com disfunção da anca e a relação em equipa com os Ortopedistas: “sermos duas profissões distintas e complementares faz com que sejamos naturalmente parceiros e possamos desenvolver a nossa atividade de forma centrada naquilo que é essencial, que é a prestação de melhores cuidados aos nossos utentes”, referiu.

Com o apoio do painel internacional dos Ortopedistas da Comissão Organizadora geral do PIHM2022 , Jorge Cruz de Melo, Fernando Leal, Paulo Rego, Manuel Ribas, Ana Castel, Pedro Dantas, Lafayette Lage e Carlomango Cardenas, a sessão dedicada à Fisioterapia, que decorreu pela segunda vez no âmbito deste evento, teve a presença de quatro membros organizadores – Álvaro Magalhães, Baltazar Moutela, Nelson Azevedo e Paulo Oliveira – e da Comissão Científica, com cinco membros – Duarte Pereira, Fernando Ribeiro, Nuno Cordeiro, (1º Vice-Presidente da Direção da Ordem dos Fisioterapeutas), Rui Gonçalves e Rui Torres.

Na sessão referida, que teve cinco mesas-redondas sob os temas ‘Cirurgia da Anca’, ‘Desporto’, ‘A cirurgia como último recurso’, ‘O futuro da Fisioterapia e da Ortopedia’, bem como a apresentação de casos reais: ‘A minha história da anca’, foi apresentada e discutida a importância do Fisioterapeuta em todas as fases do processo de intervenção dos pacientes com disfunções da anca, nomeadamente na avaliação e definição de objetivos de tratamento e intervenção; no apoio ao paciente no processo de decisão de procedimentos e plano de tratamento e no acompanhamento pré-operatório e pós-operatório em internamento ou ambulatório.

Na sua intervenção, o Bastonário da Ordem dos Fisioterapeutas, António Lopes, focou-se também no enquadramento dos desafios da profissão e dos Fisioterapeutas em darem resposta às necessidades de todos os pacientes que recorrem aos seus serviços.

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.