Bastonário da Ordem dos Fisioterapeutas participou na discussão do Plano Estratégico da Escola Superior de Saúde de Santa Maria

O Bastonário da Ordem dos Fisioterapeutas, António Lopes, foi convidado a participar na discussão do Plano Estratégico da Escola Superior de Saúde de Santa Maria (ESSSM) para os anos 2023-2027, que decorreu no passado dia 4 de junho, no Colégio Luso-Francês, no Porto, com a presença do Conselho de Direção, Docentes, Colaboradores, Estudantes e Parceiros da ESSSM.

Com uma reflexão centrada no percurso histórico e no futuro da Fisioterapia, o Bastonário apresentou a perspetiva integrada e integradora do trabalho que a Ordem está a fazer no âmbito do desenvolvimento e afirmação da profissão. António Lopes referiu serem três os polos motores de desenvolvimento da profissão: um polo centrado no quadro regulatório (legislativo) e de planeamento dos recursos humanos na área da saúde; um polo centrado na produção e preparação dos recursos humanos, necessários e um terceiro que emprega os recursos humanos existentes. Sublinhou que ainda que cada polo tenha diferentes intervenientes, decisores e dinâmicas próprias, os três influenciam-se mutuamente e uma alteração num dos polos pode ter impacto nos restantes.

Desta reflexão resultam os três pilares que pautam o mandato da atual Direção da Ordem dos Fisioterapeutas:

– A Fisioterapia, como uma disciplina científica (polo do ensino de base e especializado, e da investigação);

– A Fisioterapia como profissão regulamentada (polo do quadro regulatório – em que agora se adicionou a autorregulação, e a redefinição do perfil profissional, a criação do código de ética e das normas técnicas;

– A Fisioterapia como prestação de serviços (polo do emprego e utilização dos fisioterapeutas, na diversidade dos setores e dos contextos).

Neste âmbito, o Bastonário aproveitou para sublinhar a importância de um trabalho conjunto e regular entre as Instituições de Ensino Superior e a Ordem dos Fisioterapeutas, no sentido de potencializar os ganhos que o polo da regulação, por parte da Ordem, poderão ter na educação e na prestação efetiva de serviços de Fisioterapia.

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.