A Fisioterapia dirá sempre presente!

Para cabal esclarecimento e publicitação da posição da Ordem dos Fisioterapeutas perante o escalar do conflito que está a acontecer na Ucrânia, de forma a melhor prestar a ajuda necessária, a Direção criou uma equipa de trabalho, no âmbito da denominada Comissão Técnica de Avaliação, de molde a aferir, caso a caso, os pedidos de fisioterapeutas oriundos da Ucrânia ao abrigo do apoio que Portugal concede aos refugiados desse país. A Ordem expressou ainda a sua solidariedade ao Presidente da Associação ucraniana de Fisioterapeutas, Stepan Kobelyev, que prontamente nos agradeceu.

Por esse motivo, iremos divulgar a necessária informação à comunidade ucraniana, identificando os contactos criados especificamente para o efeito, recorrendo à Embaixada da Ucrânia, associações e outras organizações humanitárias, diretamente, por via de correio eletrónico, mensagens nas redes sociais e sites agregadores de ajuda, entre outros.

Deste modo, garantimos não só a relação do pedido de apoio com a questão ucraniana, mas também a ligação com os fisioterapeutas inscritos e, ainda, com os colegas que recebem os pedidos efetivamente destinados ao apoio a cidadãos ucranianos e suas famílias.

Por último, o nosso muito obrigado a todos os fisioterapeutas tradutores que aceitaram integrar este esforço no sentido de apoiar a comunidade ucraniana!

A Fisioterapia dirá sempre presente quando for necessário defender os direitos de todas e de todos os cidadãos!

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador.
Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.